Injeção de Mesigyna Engorda? Aprenda mais sobre este anticoncepcional

mesigyna engorda

Mesigyna é um contraceptivo injetável composto por uma combinação de dois hormônios sintéticos femininos: estrogênio e progesterona. Ao atuar na glândula pituitária, ele inibe a ovulação e altera o muco cervical, tornando a gravidez impossível. Seu efeito é semelhante a outros anticoncepcionais hormonais combinados.

Muitas mulheres relatam aumento de peso após começar a usar o anticoncepcional injetável Mesigyna. No entanto, os estudos não comprovam essa relação. O que pode ocorrer é uma maior retenção de líquidos, causando a sensação de estar mais “gorda”. Vale ressaltar que os efeitos colaterais variam de pessoa para pessoa.

Quando utilizado corretamente, a injeção anticoncepcional mensal é um método bastante eficaz, com uma taxa de falha em torno de sete em mil. Para garantir a eficácia, a primeira injeção deve ser aplicada até sete dias após o início da menstruação e, em seguida, aplicada sempre no mesmo dia a cada 30 dias.

O que é Mesigyna?

Mesigyna é um anticoncepcional injetável, aplicado via intramuscular. Contém dois componentes: estrogênio (estradiol) e progesterona (norestisterona). A norestisterona, que é a progesterona da Mesigyna, é mais androgênica, ou seja, está mais associada à testosterona. Se você tem queixas específicas, como aumento de peso ou acne, pode não ser o anticoncepcional ideal para você.

A polêmica sobre ganho de peso – Mesigyna engorda?

peso anorexia

De acordo com as estatísticas, a injeção anticoncepcional mensal não causa ganho de peso. No entanto, se você perceber um aumento no seu peso após o uso de algum método hormonal, como o DIU com hormônio, anel vaginal, pílula ou injeção, a recomendação é conversar com seu médico, para avaliar se vale a pena suspender o método e utilizar um método não hormonal, como um DIU sem hormônio ou preservativos.

Como aplicar corretamente a Mesigyna?

A injeção anticoncepcional mensal contém dois hormônios: um estrógeno e uma progesterona. A injeção é aplicada no músculo e o hormônio é liberado gradualmente ao longo do mês.

No entanto, a medicina e a bioquímica não são ciências exatas e não é possível determinar com precisão quanto de hormônio será absorvido a cada dia. Por isso, o ciclo menstrual pode não ser tão regular quanto algumas mulheres preferem.

A Mesigyna vem numa caixa com 1 frasco-ampola com o remédio, uma seringa e uma agulha. Deve ser aplicada no primeiro dia da sua menstruação. A aplicação deve ser repetida a cada 30 dias. Se você esquecer de tomar no dia correto, existe um intervalo entre 27 e 33 dias em que você pode aplicar a injeção.

Efeitos e sintomas da Mesigyna

Os efeitos colaterais da Mesigyna incluem alterações no ciclo menstrual, como sangramentos nos intervalos entre as menstruações, sangramentos prolongados ou ausência de menstruação, dor nos seios e dor de cabeça.

Além disso, a progesterona androgênica pode estar associada à retenção de líquidos, levando a uma sensação maior de ganho de peso.

Outros dois sintomas menos comuns, mas que podem ocorrer, são aumento de pelos e acne.

Raramente, pode haver aumento nos níveis de estresse e nervosismo. Casos mais raros e perigosos envolvem o desenvolvimento de coágulos sanguíneos, podendo levar a trombose venosa profunda.

Vantagens de usar Mesigyna

peso

As principais vantagens de Mesigyna incluem sua alta eficácia, risco reduzido de engravidar (menor até do que o risco após uma laqueadura), praticidade do uso mensal e menor risco de esquecimento em comparação com as pílulas anticoncepcionais.

Além disso, o uso de Mesigyna pode regular o ciclo menstrual, diminuir a TPM, as cólicas menstruais e prevenir câncer de ovário e endométrio.

Contraindicações de Mesigyna

Existem algumas contraindicações para o uso da Mesigyna, como enxaqueca com aura, idade acima de 35 anos, lúpus, histórico de AVC, tromboembolismo pulmonar, trombose venosa profunda, neoplasias (tumores malignos) no fígado, cirrose e neoplasias do trato ginecológico ou de mama.

Se você não puder usar Mesigyna, consulte seu ginecologista para avaliar outro método anticoncepcional mais adequado.

A Mesigyna é contraindicada em casos de gravidez ou suspeita de gravidez, doenças cardiovasculares, trombose, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, diabetes, enxaqueca, doenças ou tumores hepáticos. Mulheres com histórico dessas condições devem buscar outras opções de contracepção.

O que fazer se esquecer de tomar a injeção?

Se você não conseguir tomar a injeção no dia correto, há uma pequena tolerância de três dias para mais ou menos. No entanto, é fundamental manter-se dentro deste prazo para garantir a eficácia do método.

Conclusão

A Mesigyna é um anticoncepcional injetável com eficácia de 99,7%, oferecendo uma proteção maior do que o anticoncepcional oral. Além disso, é mais fácil de usar, pois é aplicado apenas uma vez a cada 30 dias.

No entanto, é importante estar ciente dos possíveis efeitos colaterais e contraindicações. Consulte sempre seu médico para discutir a melhor opção de anticoncepcional para você.

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521.
Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM). Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês (SP).
Fellow em Tricologias, Discromias e Acne pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).
Pós-Graduação em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School – EUA (Principles and Practice of Clinical Research).

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Dra. Juliana Toma

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521.
Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/EPM). Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês (SP).
Fellow em Tricologias, Discromias e Acne pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP).
Pós-Graduação em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School – EUA (Principles and Practice of Clinical Research).

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

Como evitar queloides

Como evitar queloides?

Queloides são crescimentos dérmicos benignos que surgem através da cicatrização anormal de feridas em resposta a traumas ou inflamações anteriores da pele.  O desenvolvimento de

Continue Lendo
Pupila Dilatada

O que é Pupila Dilatada? Entenda!

A pupila, uma estrutura de grande importância em nosso sistema visual, apresenta complexidade em sua constituição. Seu tamanho varia em resposta a três categorias distintas

Continue Lendo
categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail