Água tônica ajuda a aliviar câimbra?

caimbra nas pernas

A câimbra é algo bastante comum na população geral, mas atinge com bastante intensidade idosos e pessoas que praticam atividades físicas.

E, justamente por ser algo tão comum, sempre surge algum tratamento caseiro para o problema, como é o caso da água tônica.

Além disso, existem muitas outras dúvidas sobre a câimbra e seu tratamento, que tentaremos responder no decorrer do texto. Algumas delas são:

  • O que é mesmo a câimbra?
  • Porque ela ocorre?
  • Como tratar e prevenir?
  • A água tônica funciona mesmo?


O QUE É A CÂIMBRA?

A câimbra é uma condição comum que se caracteriza por uma contração vigorosa e involuntária de um ou mais músculos, que pode causar dores intensas. Embora seja uma condição geralmente inofensiva, as câimbras podem ser extremamente incômodas e afetar significativamente a qualidade de vida.

A fisiopatologia das câimbras ainda não é completamente compreendida, mas acredita-se que uma série de fatores possa contribuir para o seu desenvolvimento.

Entre esses fatores, destacam-se a desidratação, a deficiência de eletrólitos (como sódio, potássio, magnésio e cálcio), a fadiga muscular e a sobrecarga ou estiramento excessivo dos músculos.

Além disso, as câimbras também podem estar associadas a condições médicas subjacentes, como doença arterial periférica, diabetes, esclerose múltipla, doença de Parkinson e hipotireoidismo.


CAUSAS DA CÂIMBRA

tratamento de caimbra

A câimbra é um problema multifatorial, ou seja, suas causas podem ser bastante variadas. No entanto, de forma geral, podemos dizer que as três principais causas da câimbra são:

  1. Deficiência de minerais: A falta de minerais, como o sódio, o potássio, o magnésio e o cálcio, é uma das principais causas da câimbra. Esses minerais são fundamentais para a transmissão dos impulsos elétricos que controlam a contração e o relaxamento muscular. Quando os níveis desses minerais no corpo estão baixos, seja por desidratação ou por uma dieta inadequada, as contrações musculares podem se tornar mais intensas e frequentes, o que pode levar à ocorrência de câimbras.
  2. Encurtamento muscular: Outra causa comum de câimbras é o encurtamento muscular, que pode ser resultado de um estilo de vida sedentário, de uma lesão ou de uma postura inadequada. Quando um músculo está encurtado, ele se torna mais propenso a contrair de forma involuntária, o que pode levar à ocorrência de câimbras.
  3. Exercício físico: O exercício físico, especialmente os mais vigorosos, é outra causa comum de câimbras. Durante o exercício, os músculos trabalham de forma intensa e podem ficar sobrecarregados, o que pode levar à ocorrência de câimbras. Além disso, durante o exercício, o corpo perde líquidos e minerais por meio do suor, o que aumenta o risco de desidratação e deficiência de minerais.

No caso das câimbras musculares, a contração involuntária e vigorosa pode ocorrer em qualquer grupo muscular do corpo, mas é mais comum nos músculos da panturrilha. Acredita-se que as câimbras nessas áreas estejam relacionadas à fadiga muscular e à sobrecarga, especialmente em pessoas que praticam atividades físicas intensas ou passam longos períodos em pé.

Quando ocorrem em outras áreas do corpo, como nas costas, coxa ou pescoço, as câimbras podem estar associadas a lesões musculares, postura inadequada ou problemas de circulação.


A AGUA TÔNICA PODE AJUDAR NA CÂIMBRA?

A água tônica é um refrigerante de sabor amargo composto principalmente por quinina.

Embora a quinina tenha sido utilizada durante décadas para tratar as câimbras, estudos recentes mostraram que seu efeito no alívio das câimbras é limitado e seu uso pode trazer riscos para a saúde, incluindo o aumento da mortalidade por problemas cardíacos.

Além disso, a dose de quinina presente na água tônica é muito menor do que a necessária para tratar as câimbras. É importante lembrar que a quinina é uma substância controlada e só deve ser prescrita por um médico em doses apropriadas para evitar efeitos colaterais graves.

O uso da água tônica para tratar as câimbras, portanto, não é recomendado. Em vez disso, recomenda-se o uso de medidas simples, como o alongamento suave dos músculos afetados, a ingestão de líquidos e eletrólitos, o repouso e o uso de medicamentos analgésicos, quando necessário.

Além disso, é importante manter uma dieta equilibrada, praticar atividades físicas regulares e alongar os músculos regularmente para prevenir a ocorrência de câimbras.


COMO TRATAR E PREVENIR AS CÂIMBRAS?

Mesmo não existindo nenhuma forma de prevenir completamente as câimbras, algumas medidas podem ajudar a diminuir a sua frequência, bem como ajudar a reduzir a intensidade da dor.

No caso da prevenção, podemos citar:

  • Manter uma boa hidratação. Mas, em caso de pessoas realizando atividades físicas intensas, pode ser benéfico o uso de bebidas isotônicas, para repor os eletrólitos perdidos no suor;
  • Realizar alongamentos regulares antes de exercícios físicos, para evitar o encurtamento muscular;
  • Comer algum alimento rico em potássio antes de se exercitar.

Já para casos onde o problema já se instalou, existem algumas formas de aliviar a dor, como:

  • Massagens no músculo que está em contração, com o objetivo de relaxá-lo;
  • Realização de alongamento do músculo afetado, para ajudar no relaxamento muscular e na cessação do espasmo.


CONCLUSÃO

Apesar de seu uso como tratamento para câimbras ser bastante difundido, pesquisas científicas atuais mostram que a água tônica não é um bom tratamento para o problema.

Assim, existem tratamentos comprovadamente eficazes para o alívio dos sintomas, além de formas de prevenção que, embora não funcionem em 100% dos casos, ajudam a reduzir a frequência do problema.


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁGICAS

El‐Tawil S, Al Musa T, Valli H, Lunn MPT, El‐Tawil T, Weber M. Quinine for muscle cramps. Cochrane Database of Systematic Reviews 2010, Issue 12. Art. No.: CD005044.

Dr. João Arthur Ferreira

CRM-SP 19759 / RQE 3179 Atua no tratamento de reabilitação em atletas, dor aguda e dor crônica (cervicalgia, lombalgia, enxaqueca). Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura Coordenador do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado de Medicina Chinesa – Curso de Pós-Graduação em Acupuntura Médica, reconhecida pelo CMBA (Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura).
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Medicina Física e Reabilitação (SBMFR).
Ex-Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Dr. João Arthur Ferreira

Dr. João Arthur Ferreira

CRM-SP 19759 / RQE 3179 Atua no tratamento de reabilitação em atletas, dor aguda e dor crônica (cervicalgia, lombalgia, enxaqueca). Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura Coordenador do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado de Medicina Chinesa – Curso de Pós-Graduação em Acupuntura Médica, reconhecida pelo CMBA (Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura).
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Medicina Física e Reabilitação (SBMFR).
Ex-Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

Como evitar queloides

Como evitar queloides?

Queloides são crescimentos dérmicos benignos que surgem através da cicatrização anormal de feridas em resposta a traumas ou inflamações anteriores da pele.  O desenvolvimento de

Continue Lendo
Pupila Dilatada

O que é Pupila Dilatada? Entenda!

A pupila, uma estrutura de grande importância em nosso sistema visual, apresenta complexidade em sua constituição. Seu tamanho varia em resposta a três categorias distintas

Continue Lendo
categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail