Dieta de 1000 Calorias

dieta 1000 calorias

A dieta de 1000 calorias é uma dieta bem restritiva e deve ser feita com supervisão nutricional.

Sendo assim, ela é indicada para perda rápida de peso e não deve ser feita por mais que três meses.

Sendo uma dieta difícil de seguir e que provoca alguns sintomas relacionados à abstinência alimentar, é adotada em caráter urgente.

Dessa forma, pessoas que estão se preparando para uma cirurgia bariátrica ou mesmo que precisam perder peso de forma rápida são os grupos que mais se beneficiam deste plano alimentar.

Por isso, se você tem em mente começar a dieta de 1000 calorias, prepare o seu organismo e sua mente, pois ela é a mais difícil de todas.

Todavia, todo o esforço e foco valerão a pena, pois os resultados são rapidamente obtidos e perceptíveis.

Quem pode fazer a dieta de mil calorias?

  1. Indivíduos que estão muito acima do peso;
  2. Pessoas em pré-operatório para bariátrica;
  3. Grupos em tratamento de doenças como diabetes e colesterol alto que foram diagnosticados com obesidade;
  4. Obesidade mórbida (IMC acima de 40);
  5. Quem quer perder alguns quilos na balança (desde que com acompanhamento).

Dieta de 1000 calorias

Exemplo de cardápio: Dieta de 1000 calorias 

Café da manhã

  • Chá verde ou hibisco: 01 xícara sem açúcar 
  • Iogurte natural desnatado: 170 mls 
  • Frutas secas: 01 colher de sopa 
  • Aveia em flocos: 01 colher de sopa 

Almoço

  • Salada de hortaliças: sem restrição
  • Legumes: 02 colheres de sopa 
  • Arroz integral: 02 colheres de sopa 
  • Lentilha ou feijão: 01 concha pequena cheia 
  • Filé de frango grelhado: 01 pedaço médio
  • Fruta: 01 unidade 

Lanche da tarde 

  • Omelete: 01 unidade 
  • Suco de laranja sem açúcar: 150 mls 
  • Maçã ou pera: 01 unidade 

Maçã ou pera

Jantar 

  • Salada de hortaliças: sem restrição
  • Carne de panela: 03 colheres de sopa 
  • Suflê de legumes: 01 pedaço médio 
  • Arroz integral: 01 colher de sopa 

Ceia 

Quantos quilos vou perder na dieta de 1000 calorias?

A quantidade de quilos que você vai perder ao iniciar a dieta de 1000 calorias leva em consideração seu atual estado nutricional.

Isso quer dizer que, se você se encontra muito acima do peso, terá facilidade em perder muitos quilos logo nos cinco primeiros dias.

No entanto, se você se encontra dentro do peso normal ou possui poucos quilos acima do IMC (índice de massa corporal) ideal, os resultados podem demorar mais tempo, já que você não possui tantas reservas.

Por essa razão, a dieta de mil calorias não deve ser feita por pessoas magras ou que estejam querendo ganhar massa muscular.

Além disso, homens e mulheres possuem diferenças no metabolismo e na fisiologia, fatores que impedem uma resposta exata de quantos quilos podemos perder fazendo esta dieta.

A dieta de mil calorias traz riscos para a saúde?

Quando você inicia a dieta de mil calorias além da restrição calórica, você passa a obter uma restrição de micronutrientes, já que está comendo menos.

Sendo assim, as vitaminas e os minerais fornecidos pela alimentação caem drasticamente, e a suplementação pode ser iniciada, desde que com a supervisão do nutricionista.

Por sua vez, os riscos de uma dieta de 1000 calorias feitas sem auxílio são grandes e podem levar a eventos como:

Quanto tempo posso fazer a dieta de 1000 calorias?

No geral, a dieta de mil calorias não deve ultrapassar 90 dias, mesmo que seu índice de massa corporal seja muito alto.

Esta precaução se dá por conta da diminuição dos níveis de micronutrientes disponíveis no período, que são as vitaminas e minerais.

Sendo assim, não existe um período de tempo exato para recomendação de quanto tempo a dieta de mil calorias deve ser feita.

Na grande maioria dos casos, as chances de uma pessoa começar a dieta de mil calorias bem e interrompê-la alguns dias depois é alta.

Pois ocorre um contraste muito grande no organismo, que está acostumado a receber muitos alimentos todos os dias e de uma hora para outra precisa se adaptar a uma fase de pouca ingestão calórica. 

dieta de mil calorias

A dieta de mil calorias é segura ou não?

Se for feita com o auxílio e acompanhamento constante de uma nutricionista, a dieta de mil calorias pode ser a grande solução para fazer você perder os quilos a mais que tanto te incomodam.

Entretanto, ela não vai ser uma dieta para a vida toda, apenas no período que seu profissional considerar necessário para seus resultados.

Desse modo, assim que você adquirir o peso que tanto precisa um novo plano alimentar deve ser planejado, agora visando manter o peso e não mais perdê-lo. 

Todavia, somente com ajuda especializada é possível transitar e atingir todas essas fases com sucesso.

Dieta de 1000 calorias: Tempo máximo permitido em diferentes situações

Tratamento de obesidade 

Deve ser feita até atingir a meta de peso priorizada na consulta, ou seja, até você atingir seu peso ideal.

Contudo, a suplementação vitamínica e mineral não deve ser descartada no período, já que você vai ingerir pouquíssimos alimentos no dia a dia.

Tratamento de obesidade

Tratamento de sobrepeso

Geralmente dura de 7 a 15 dias no máximo, já que os quilos a mais não são tão elevados e estender a duração pode diminuir o metabolismo.

Tratamento de doenças que se originaram através da obesidade 

Deve ser feita até que os exames estejam normalizados ou controlados, além de outras medidas preventivas características de cada doença.


Conclusão

A dieta de mil calorias é uma dieta restritiva e polêmica, que não deve ser feita por qualquer pessoa.

Dessa forma, ela traz resultados rápidos e imediatos, no entanto, os riscos acompanham os resultados na mesma velocidade.

Então, os grupos em que a dieta de mil calorias é mais benéfica são os obesos mórbidos e aqueles com grande excesso de peso, já que possuem muitas reservas para serem utilizadas no emagrecimento.

Além disso, esta dieta só deve ser feita com auxílio de um profissional capacitado, que ofereça suporte em todas as fases.

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Renato Fernandes da Silva

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail