Calorias e Quilocalorias (kcal) – qual a diferença?

Os rótulos dos alimentos embalados possuem, além das informações nutricionais, dados calóricos de cada porção, ou seja, a quantidade de calorias existentes em cada um.

Apesar de a caloria ser a unidade referência, a quilocaloria ou kcal, também é empregada nos produtos.

No entanto, tanto a caloria quanto a quilocaloria são unidades de energia que correspondem ao valor energético dos alimentos.

Ou seja, elas nos indicam a quantia de energia que cada alimento consumido irá nos fornecer após a digestão.

Legislação dos alimentos

Os valores calóricos dos alimentos são informações obrigatórias que devem constar em todas as embalagens.

Essa obrigatoriedade está descrita através da RDC n°40 da ANVISA, criada em 21 de Março de 2001.

Assim, esta resolução visa orientar o consumidor, a respeito da composição nutricional e valor calórico dos alimentos.

No entanto, essas informações devem ser claras e objetivas, o que não ocorre muitas vezes, acabando dificultando a interpretação dos rótulos pelos consumidores.

Caloria e Quilocaloria: Definições

movimento

A caloria é definida como uma unidade de energia. Teoricamente, ela corresponde a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de 1 grama de água em 1 grau Celsius.

Por sua vez, a quilocaloria ou Kcal é uma unidade múltipla da caloria, onde 1 Kcal equivale a 1000 calorias. Tanto a caloria quanto a quilocaloria são utilizadas nos rótulos dos alimentos.

Ocorre que, quando queimamos um combustível como a gasolina ou gás de cozinha por exemplo, liberamos além de gás carbônico e água, unidades de energia.

Sendo assim, essas unidades de energia, chamada energia térmica, é expressa através de calorias ou quilocalorias.

Neste caso, quando ingerimos determinado alimento, as etapas da digestão como a quebra dos nutrientes e a absorção liberam energia, fornecida pelos alimentos, que é medida por caloria ou quilocalorias.

Joule e Quilojoule (kJ)

Em vários países, o valor energético dos alimentos é expresso em quiloJoule ou kJ. Isso ocorre porque esta é a medida utilizada internacionalmente para expressar qualquer tipo de energia.

Todavia, o valor energético dos alimentos também pode ser medido através de Joules ou kJ, onde 1 caloria equivale a 4,18 Joules.

Dessa forma, o Brasil possibilita que as marcas utilizem tanto o Joule e kJ quanto as calorias ou kcal para informar o valor energético de cada porção alimentar.

Entretanto, a Resolução n°40 da ANVISA que citamos no início do artigo, recomenda que os valores calóricos dos alimentos produzidos por aqui sejam disponibilizados em calorias ou kcal.

Quanto maior o valor calórico maior será a fonte de energia

Levando em consideração a definição de calorias e quilocalorias, devemos estar atentos aos valores energéticos dos alimentos.

Uma vez que, quanto maior o valor energético, maior será o fornecimento de energia através de gorduras, proteínas ou carboidratos.

Sendo assim, muitos alimentos apresentam um valor calórico altíssimo em poucas porções alimentares.

É o caso de biscoitos recheados, salgadinhos de pacote ou sorvetes de creme, por exemplo.

Logo, quem precisa emagrecer deve consumir alimentos com baixo valor calórico e evitar ao máximo alimentos com alto valor energético.   

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Renato Fernandes da Silva

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail