Sertralina emagrece? Como age?

O medicamento antidepressivo, muito utilizado em casos de transtornos depressivos, pode possuir alguns efeitos secundários, mas será que a sertralina emagrece?

A sertralina é uma medicação antidepressiva da classe dos inibidores seletivos da recaptação de serotonina no cérebro, e em menor nível age também como inibidor de recaptação também de dopamina, ambos os neurotransmissores sendo conhecidos como “hormônios da felicidade”.

A serotonina por si só possui papéis de extrema importância no nosso cérebro, uma vez que auxilia na regulação do sono e no equilíbrio do humor, da ansiedade e da depressão.

Por ser um inibidor seletivo da recaptação desses hormônios, a sertralina possui a ação de aumento da disponibilidade destes no cérebro, tendo seu uso recomendado principalmente em casos englobando transtornos obsessivos compulsivos, depressão, síndrome do pânico, fobia social e/ou estresse pós-traumático.

Comercialização da sertralina

O cloridrato de sertralina só pode ser vendido no Brasil mediante a apresentação de uma receita médica, sendo normalmente receitada por médicos psiquiatras.

Seu uso deve sempre ser realizado seguindo a posologia e indicações gerais oferecidas pelo médico que a prescrever. Não havendo uma indicação estrita em relação ao horário em que ela deve ser utilizada.

A sertralina pode ser encontrada em farmácias e drogarias, tanto com o nome do próprio composto em medicações genéricas, como com os nomes Zoloft, Tolrest, Assert, Serenata ou Sercerin.

Possíveis efeitos colaterais envolvendo a sertralina

Os efeitos colaterais da sertralina, assim como qualquer outro medicamento, podem variar e ocorrer em diferentes graus em diferentes pessoas.

Caso você tenha iniciado a medicação e esteja sentindo efeitos muito fortes ou incômodos, busque sempre ajuda com o médico que a recitou e relate o que está sentindo.

tontura 5

Entre os efeitos colaterais que podem ocorrer com o uso da sertralina, podemos citar:

  • Dores de cabeça
  • Tontura
  • Cansaço excessivo
  • Diarréia
  • Náuseas
  • Boca seca
  • Redução da libido
  • Dificuldades envolvendo a ereção nos homens
  • Alterações no apetite
  • Insônia
  • Sensação de sonolência
  • Sensação de fraqueza.

Mas afinal,  a sertralina emagrece?

O efeito de emagrecimento não é comprovado com o uso da sertralina, pelo menos não de maneira direta. Porém, como um dos efeitos colaterais de seu uso incluem mudanças no apetite, pode ser que com a redução deste, o emagrecimento ocorra como efeito secundário.

Porém, é importante salientar que da mesma forma que a sertralina pode causar uma redução do apetite, pode também ocasionar em um aumento do mesmo, ou na maioria dos casos, o apetite pode apenas se manter sem nenhuma alteração.

O ganho de peso é uma queixa comum de pacientes que recebem tratamento medicamentoso com outros antidepressivos. A sertralina, um inibidor seletivo da captação de serotonina, pode promover a perda de peso indireta em alguns casos. Abaixo, citaremos alguns estudos


Estudos científicos – sertralina emagrece?

sertralina emagrece

Alguns estudos compararam o efeito na perda de peso da fluoxetina, ou paroxetina, ou sertralina na depressão. Segundo os autores, os pacientes que tomaram paroxetina apresentaram um aumento de peso considerável. Quem tomou fluoxetina teve uma discreta perda de peso, e os que tomaram sertralina apresentaram um modesto (mas não significativo ganho de peso)[1]Fava M, Judge R, Hoog SL, Nilsson ME, Koke SC. Fluoxetine versus sertraline and paroxetine in major depressive disorder: changes in weight with long-term treatment. Journal of Clinical Psychiatry. … Continue reading.


sertralina emagrece diabetes

Outro estudo, menor, avaliou pacientes com diabetes tipo 2 e o uso da sertralina para perda de peso, redução do IMC (Índice de Massa Corporal) e circunferência abdominal. Após 3 meses de tratamento, o uso de sertralina foi associado a uma redução de 2kg em média no peso, associada a redução do IMC de 30,41 kg/m2 para 29,60 kg/m2[2]Rachdi C, Damak R, Romdhane FF, Ouertani H, Cheour M. Impact of sertraline on weight, waist circumference and glycemic control: A prospective clinical trial on depressive diabetic type 2 patients. … Continue reading.


Possibilidades – sertralina para emagrecer

Portanto, por mais que possa ocorrer em alguns casos como efeito secundário, a sertralina não possui efeito emagrecedor direto e muito menos em todos os seus usuários.

Caso você esteja almejando perder peso ou controlar o peso corporal, procure a ajuda de um nutricionista, que poderá te indicar uma dieta balanceada e adequada para um emagrecimento saudável, além de buscar realizar atividades físicas regularmente, mantendo a saúde do corpo e ajudando na manutenção do peso corporal.

Contra indicações do medicamento

O cloridrato de sertralina possui algumas contra indicações, entre estes, podemos pontuar alguns casos em que ela não deve ser utilizada:

  • Caso a pessoa possua hipersensibilidade ao cloridrato de sertralina ou a qualquer outro componente presente na composição do medicamento
  • Caso a pessoa esteja fazendo uso concomitantemente de alguma medicação inibidora da monoaminoxidase (IMAO)
  • Caso esteja sendo feito o uso da medicação Pimozida
  • Em crianças com menos de 6 anos de idade
  • Em casos de gravidez, a sertralina é contra indicada principalmente nos últimos meses da gestação. Porém, é indicado que sempre se pergunte ao médico obstetra responsável pelo caso antes de tomar qualquer medicação em qualquer período da gravidez e durante a amamentação, reduzindo ao máximo os riscos à mãe e ao bebê.

Informações importantes sobre o uso da sertralina

Sobre a ingestão da medicação, além de ingerir o medicamento junto com um copo de água, o cloridrato de sertralina pode ser ingerido antes, durante ou após as refeições, não havendo uma forma específica de uso ou horário específico indicado.

Caso esqueça de tomar a medicação, se tratando de algumas horas, tome-a normalmente, caso já esteja mais próximo do horário da próxima administração do remédio, ignore o dia que esqueceu e siga normalmente.

Em nenhum caso duplique ou altere de qualquer forma a quantidade da medicação que lhe foi indicada por dia.

Caso você esteja usando o cloridrato de sertralina e perceba ganho ou perda de peso de maneira excessiva, recorra ao médico que a indicou e conte o que está ocorrendo, e veja se vale a pena talvez realizar alguma alteração na dose de sertralina utilizada ou no próprio medicamento.

Cada corpo reage de uma maneira a diferentes medicações, se acha que algo está fora do normal após o início do uso de qualquer remédio, procure ajuda médica.

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas
1 Fava M, Judge R, Hoog SL, Nilsson ME, Koke SC. Fluoxetine versus sertraline and paroxetine in major depressive disorder: changes in weight with long-term treatment. Journal of Clinical Psychiatry. 2000 Nov 1;61(11):863-7.
2 Rachdi C, Damak R, Romdhane FF, Ouertani H, Cheour M. Impact of sertraline on weight, waist circumference and glycemic control: A prospective clinical trial on depressive diabetic type 2 patients. Primary care diabetes. 2019 Feb 1;13(1):57-62.

Dra. Celia Yunes Portiolli

CRM-SP 27971 / RQE 5148 – 19469 Médica Pediatra e Especialista em Acupuntura Área de Atuação em Dor pela AMB (Associação Médica Brasileira), Coordenadora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado em Medicina Chinesa Médica colaboradora do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Dra. Celia Yunes Portiolli

Dra. Celia Yunes Portiolli

CRM-SP 27971 / RQE 5148 – 19469 Médica Pediatra e Especialista em Acupuntura Área de Atuação em Dor pela AMB (Associação Médica Brasileira), Coordenadora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado em Medicina Chinesa Médica colaboradora do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail