Você Já Ouviu Falar Sobre Noz-Pecã?

noz-pecã

A noz-pecã é uma oleaginosa com origem na América do Norte, onde também é conhecida como noz-americana ou somente pecã.

Consiste em um fruto de casca lisa e dura, onde a semente é a parte comestível, sendo mais comprida que a noz tradicional.

Todavia, seu sabor é doce e levemente amanteigado, por conta do alto teor de gorduras insaturadas que possui.

De acordo com cientistas americanos, o consumo de noz-pecã proporciona vários benefícios para a saúde[1]Kris-Etherton PM, Zhao G, Binkoski AE, Coval SM, Etherton TD. The effects of nuts on coronary heart disease risk. Nutrition reviews. 2001 Apr 1;59(4):103-11..

Por isso, saiba mais sobre este fruto que começa a se popularizar no Brasil.

Benefícios das nozes
Rico em antioxidantes
Boa fonte de vitaminas e minerais
Rico em gorduras saudáveis
Pode reduzir os níveis de colesterol
Excelente fonte de energia
Bom para a digestão
Pode ajudar na perda de peso

8 Benefícios da noz-pecã

1 – Rica em gorduras boas 

87% das gorduras encontradas na noz-pecã são mono ou poliinsaturadas, ou seja, são aquelas gorduras boas.

Essas gorduras são benéficas para a saúde do coração, ajudando a reduzir os níveis de colesterol LDL (ruim) e aumentar os níveis de colesterol HDL (bom)[2]Griel AE, Kris-Etherton PM. Tree nuts and the lipid profile: a review of clinical studies. British Journal of Nutrition. 2006 Nov;96(S2):S68-78..

Dessa forma, ela equilibra a proporção de gorduras boas e ruins no sangue, à medida que protegem o coração e impedem o entupimento das artérias.

2 – Fonte de minerais

A noz-pecã é rica em magnésio e fósforo, dois importantes minerais que contribuem para a saúde do sistema ósseo e dental.

Além disso, ela contém o zinco, que é importante para a atuação das células de defesa do organismo. 

Por sua vez, o selênio encontrado no fruto é um mineral antioxidante, que previne o envelhecimento precoce das células ao mesmo tempo que fortalece as defesas naturais, prevenindo gripes e resfriados, por exemplo.

Você já ouviu falar sobre noz-pecã?

3 – Melhora o metabolismo lipídico do corpo

Um dos benefícios da noz-pecã é a capacidade de melhorar e equilibrar as gorduras no sangue em jejum e após as refeições.

Além disso, ela diminui os níveis de glicose após o almoço e jantar, principalmente em diabéticos e pessoas com doenças cardiovasculares, onde possui função cardioprotetora.

4 – Diminui a ação dos radicais livres

A ingestão de noz-pecã eleva a quantidade de antioxidantes no sangue nas próximas 24 horas após a sua ingestão.

Por sua vez, esses antioxidantes diminuem a ação e inibem a formação de novos radicais livres, prevenindo o câncer nas células de qualquer tecido do organismo.


Tabela: Conteúdo Nutricional da Noz-Pecã

NutrienteQuantidade por 100g
Calorias690
Proteína9,17 g
Gordura Total72,41 g
Gordura Saturada6.669 g
Gordura monoinsaturada46.814 g
Gordura poliinsaturada17.637 gramas
Carboidratos13,71 g
Fibra9,6 g
Açúcar3,7 g
Cálcio50 mg
Ferro1,9 mg
Magnésio115 mg
Fósforo266 mg
Sódio1 mg
Potássio287 mg


5 – Rica em Fibras

As nozes pecãs são ricas em fibras, o que é importante para a saúde digestiva e pode ajudar a reduzir o risco de certas doenças, como doenças cardíacas e diabetes.


Benefícios das fibras

  1. Melhora da saúde digestiva: A fibra dietética ajuda a manter seu sistema digestivo saudável, fornecendo volume e ajudando a mover os alimentos pelos intestinos.
  2. Diminuir o colesterol: A fibra dietética pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol, pois pode se ligar aos ácidos biliares e ajudar o corpo a excretá-los.
  3. Perda de peso: alimentos ricos em fibras geralmente têm menos calorias e podem ajudá-lo a se sentir satisfeito por mais tempo, facilitando a manutenção de um peso saudável.
  4. Redução do risco de doenças: A fibra dietética tem sido associada a um risco reduzido de muitas doenças, como doenças cardíacas, diabetes e certos tipos de câncer.
  5. Níveis equilibrados de açúcar no sangue: Comer uma dieta rica em fibras pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue, pois a fibra retarda a absorção de glicose na corrente sanguínea.


6 – Combate a osteoporose

O cálcio e fósforo presente no fruto contribuem para diminuir a ocorrência de osteoporose, prevenindo a perda de massa óssea.

Por sua vez, além de impedir a perda de massa óssea, a noz-pecã promove o reverso, ou seja, ela aumenta a densidade óssea.

7 – Excelente para a saúde dos cabelos e da pele 

Além de antioxidantes, a noz-pecã é rica em vitamina A, E e ácido elágico, que reduz o aparecimento de rugas e marcas de envelhecimento.

No entanto, o zinco proporciona um aspecto mais jovem na pele. Com relação à saúde capilar, a noz-pecã é muito utilizada para tratar e prevenir a calvície.

Isso ocorre pela ação da L-arginina que aumenta a circulação sanguínea do corpo todo, inclusive na região das raízes do cabelo.

noz-pecã é rica em magnésio

8 – Previne problemas cerebrais

A ingestão de uma unidade de noz-pecã por dia contribui para melhorar as funções cerebrais, através da ação dos ácidos graxos mono e poliinsaturados.

Dessa forma, os ácidos graxos monoinsaturados em especial, têm sido associados a diminuição da inflamação e do declínio mental.

Por isso, a noz-pecã melhora a cognição quando consumida regularmente, onde pessoas que comem o fruto todos os dias apresentam 40% menos chances de desenvolver déficit de atenção.


Benefícios estudados na literatura médica

Um estudo de 2008 publicado na The Journal of Nutrition avaliou os benefícios das nozes na prevenção de doenças cardiovasculares. Segundo os autores:

As nozes são conhecidas por terem múltiplos benefícios para a saúde, que foram observados em estudos epidemiológicos, ensaios de alimentação de curto prazo e reduções em outros fatores de risco de doença cardíaca[3]Kris-Etherton PM, Hu FB, Ros E, Sabaté J. The role of tree nuts and peanuts in the prevention of coronary heart disease: multiple potential mechanisms. The Journal of nutrition. 2008 Sep … Continue reading.

Isso se deve às gorduras saudáveis, macronutrientes, outros nutrientes, fitoquímicos e outros compostos bioativos encontrados nas nozes. Ácidos graxos insaturados, especificamente ácidos graxos monoinsaturados, são especialmente abundantes em nozes, especialmente nozes, que são especialmente ricas em (n-6) ácido linoleico (LA) e (n-3) ácido α-linolênico (ALA) PUFA.

Além disso, proteínas vegetais, fibras, potássio, cálcio, magnésio, tocoferóis, fitoesteróis, compostos fenólicos, resveratrol e arginina podem ser encontrados nas nozes, que são benéficas para doenças cardiovasculares.

Os efeitos benéficos das nozes na doenças cardiovasculares foram observados, no entanto, ainda há muito a ser aprendido sobre os mecanismos de ação subjacentes que medeiam os múltiplos efeitos relatados até o momento. Mais pesquisas são necessárias para entender até que ponto o consumo de nozes pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Enquanto isso, uma maior ingestão de nozes está associada a um menor risco de doenças cardiovasculares, por isso é recomendável que as pessoas aumentem sua ingestão de nozes para apresentar os benefícios potenciais à saúde.

The Role of Tree Nuts and Peanuts in the Prevention of Coronary Heart Disease: Multiple Potential Mechanisms


Perguntas frequentes sobre noz-pecã

Noz-Pecã engorda?

Não, as nozes pecan podem fazer parte de uma dieta saudável e ajudar a contribuir para um peso saudável. Comer muitas nozes de qualquer tipo pode levar ao ganho de peso, no entanto. Moderação é a chave quando se trata de nozes.

Qual a diferença entre noz-pecã e noz?

A principal diferença entre noz-pecã e nozes é que uma casca de noz é de cor castanho-clara e de forma redonda, enquanto que a casca de nozes é oval e de cor castanha mais escura.

É bom comer nozes todos os dias?

A noz-pecã foi certificada como “alimento saudável para o coração” pela American Heart Association. Pesquisas clínicas publicadas no Journal of Nutrition encontraram que comer um punhado de nozes por dia pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol de maneira similar aos observados com medicamentos para baixar o colesterol.

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas
1 Kris-Etherton PM, Zhao G, Binkoski AE, Coval SM, Etherton TD. The effects of nuts on coronary heart disease risk. Nutrition reviews. 2001 Apr 1;59(4):103-11.
2 Griel AE, Kris-Etherton PM. Tree nuts and the lipid profile: a review of clinical studies. British Journal of Nutrition. 2006 Nov;96(S2):S68-78.
3 Kris-Etherton PM, Hu FB, Ros E, Sabaté J. The role of tree nuts and peanuts in the prevention of coronary heart disease: multiple potential mechanisms. The Journal of nutrition. 2008 Sep 1;138(9):1746S-51S.

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Renato Fernandes da Silva

Renato Fernandes da Silva

CRN9 22289

Nutricionista Especialista em Nutrição Clínica, Metabolismo, Terapia e Prática Nutricional.

Atua como nutricionista clínico a 3 anos e meio em consultório particular, na cidade de São Lourenço, sul de Minas Gerais.

Paralelo a sua profissão principal, é produtor de conteúdo para sites e blogs especializados em saúde, medicina e nutrição onde já presta serviços como redator e copywriter a 1 ano.

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

Como evitar queloides

Como evitar queloides?

Queloides são crescimentos dérmicos benignos que surgem através da cicatrização anormal de feridas em resposta a traumas ou inflamações anteriores da pele.  O desenvolvimento de

Continue Lendo
Pupila Dilatada

O que é Pupila Dilatada? Entenda!

A pupila, uma estrutura de grande importância em nosso sistema visual, apresenta complexidade em sua constituição. Seu tamanho varia em resposta a três categorias distintas

Continue Lendo
categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail