Esmegma: o que é e como tratar e prevenir

esmegma bebe penis secrecao branca

Esmegma é o nome que se dá a combinação de células epiteliais mortas com a própria oleosidade natural da pele, formando uma camada de textura pastosa e esbranquiçada que pode se acumular ao redor do pênis do bebê.

O esmegma é mais conhecido popularmente como aquele “queijinho” que se forma ao redor do pênis, e muitas vezes nem mesmo é chamado por um nome, apenas sendo considerado uma simples sujeira ou falta de banho na criança.

Mas você sabe como reduzir o esmegma de maneira mais efetiva? Ou até mesmo porque ele pode estar acontecendo no seu filho?

Por que o Esmegma acontece?

esmegma secrecao penis bebe

Já sabemos que a secreção se trata de células mortas unidas à oleosidade natural da pele, mas porque ela ocorre?

É verdade que a má higiene pode sozinha acarretar na formação do esmegma, dessa forma, se você não higieniza corretamente o pênis do seu bebê, essa já é uma condição para a formação de esmegma.

Porém, além da má limpeza do órgão, há alguns outros fatores que podem acarretar na formação ou no aumento da quantidade do esmegma, que pode até apresentar características crônicas em alguns casos.

Casos envolvendo fimose

O esmegma é muito comum em bebês que apresentam fimose, e não deve gerar muitas preocupações, além de um cuidado redobrado com a higiene e uma maior atenção ao desenvolvimento da condição.

A fimose é relativamente comum nos bebês do sexo masculino, e representam os casos em que há um excesso da pele que recobre o pênis, dificultando que a glande (também conhecida como a cabeça do pênis) seja exposta.

Como é de se imaginar, a presença de fimose acaba dificultando uma boa higiene do órgão, de maneira que a presença do esmegma se faz ainda mais facilitada nesses casos.

Como tratar o esmegma?

esmegma bebe

Caso você já tenha tomado um cuidado extra em relação a higienização do órgão, mas mesmo assim o esmegma continue a ser formado no pênis do bebê, o mais indicado é buscar ajuda com um médico pediatra.

A dificuldade de se reduzir o aparecimento do esmegma pode estar relacionada a uma quantidade exacerbada de glândulas produtoras de oleosidade, uma fimose que dificulta a limpeza adequada ou até mesmo a maneiras incorretas ou pouco eficientes de se higienizar o órgão.

Assim sendo, a maneira mais efetiva é sempre buscar ajuda com um especialista da área médica, que irá te instruir sobre a melhor maneira de realizar a higienização e poderá averiguar se as condições da pele e da região estão dentro da normalidade.

Como prevenir o aparecimento de esmegma?

A melhor forma de prevenção do esmegma é a higiene. Não apenas limpar corretamente o pênis do bebê durante o banho, mas ensinar seu filho, desde criança, a importância e a maneira correta de higienizá-lo todos os dias.

Esmegma: em que casos eu devo me preocupar?

Uma vez que a maioria dos casos está relacionada apenas a má higiene, é comum que os casos de esmegma não causem muitas preocupações, sendo resolvidos apenas com práticas mais precisas de higienização do órgão.

Porém, em alguns casos, é possível que o esmegma cause problemas maiores, ou dificulte outros problemas de saúde de serem descobertos.

A presença recorrente do esmegma e a má higienização constante do órgão genital pode acabar causando inflamações na região, que podem levar a diferentes tipos de problemas de pele ou até mesmo mais profundos. Caso você perceba os sinais de inflamação – aumento de temperatura na região, vermelhidão, inchaço e/ou dor no local – busque ajuda médica.

A presença de inflamações ou até mesmo infecções pode aumentar o risco de câncer e outros problemas sérios na região, dessa forma, o esmegma e a falta de higiene devem ser levados a sério.

Esmegma em adolescentes e adultos

Da mesma forma que há uma alteração nos odores, pêlos e sensações, a atividade hormonal em certas fases da vida podem aumentar a produção de secreções naturais do corpo humano.

Assim sendo, principalmente durante o período que vai da adolescência até a maturidade sexual, é comum que a produção de sebo pelas glândulas sebáceas aumente nos homens, o que inclui as glândulas presentes no órgão genital.

Dessa forma, pode ocorrer uma maior propensão a formação de esmegma em meninos e homens nestas faixas etárias, principalmente quando os mesmos não possuem bons hábitos de higiene.

Porém, caso você acredite fazer uma boa higienização do órgão, e mesmo assim sofrer com o aparecimento de esmegma, busque ajuda médica com um urologista, de maneira a averiguar se há algum outro problema envolvido que esteja acarretando em uma maior produção de secreções por parte do seu corpo.

Dra. Celia Yunes Portiolli

CRM-SP 27971 / RQE 5148 – 19469 Médica Pediatra e Especialista em Acupuntura Área de Atuação em Dor pela AMB (Associação Médica Brasileira), Coordenadora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado em Medicina Chinesa Médica colaboradora do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Compartilhe Esse Conteúdo
Facebook
Twitter
LinkedIn
Dra. Celia Yunes Portiolli

Dra. Celia Yunes Portiolli

CRM-SP 27971 / RQE 5148 – 19469 Médica Pediatra e Especialista em Acupuntura Área de Atuação em Dor pela AMB (Associação Médica Brasileira), Coordenadora do Curso de Especialização em Acupuntura do CEIMEC – Centro de Estudo Integrado em Medicina Chinesa Médica colaboradora do Ambulatório de Acupuntura do Centro de Dor da Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Últimos Posts

newsletter

Receba Novidades Por E-mail

Deixe um Comentário

Postagens Relacionadas

categorias

Pesquise por Categoria

Urologia

Sintomas

Reumatologia

Radiologia

Psiquiatria

Psicologia

Pediatria

Otorrinolarigonlogia

Ortopedia

Oncologia

Oftalmologia

Nutrição

Notícias

Neurologia

Neurocirurgia

Nefrologia

Medicina Esportiva

Mastologia

Infectologia

Ginecologia e Obstetrícia

Gerontologia

Geriatria

Gastroenterologia

Fisioterapia

Fisiatria

Farmácia

Endocrinologia

Educação Física

Dor

Doenças

Dermatologia

Curiosidades

Clínica Médica

Cirurgia Vascular

Cirurgia Plástica

Canabidiol

Biomedicina

Artigos

Alergia

Acupuntura

newsletter

Receba Novidades Por E-mail